27/01/2020

Roma em trevas

Tive um professor que me chamava de problema. Ensinava Filosofia no colégio e foi com ele que aprendi a paixão. Paixão pelo mundo, pelas palavras, pelos pensamentos e pelo corpo de homem. Ele falava sobre o comportamento humano, na aula, enquanto eu vagava pelas ruas de Roma. Uma Roma em trevas, nas celas dos gladiadores. Eu era o anjo apócrifo que deveria salvá-los, mas os levava para o meio do Coliseu e gritava: Pão e circo! De repente voltava para a aula e para o professor.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Jefferson A.
Maira Gall